Imprimir

Farma Mais

Escrito por Edenir Crozetta. Publicado em Farma Mais

Farmácia caseira: veja quais medicamentos você pode ter em casa
 
 
Ter uma farmácia caseira é indispensável para aqueles dias em que surge uma pequena emergência ou você sente indisposição. Alguns medicamentos podem ser consumidos, desde que com cautela, para aliviar sintomas como dor de cabeça, machucados leves, prisão de ventre e azia.
 
Fique atento à data de validade dos remédios. 
Medicamentos para farmácia caseira
 
Para montar a sua pequena farmácia, o primeiro passo é saber que muitos dos medicamentos exigem receita médica. Ou seja, você só vai reunir remédios básicos, como analgésicos para a dor de cabeça ou no corpo. Os antitérmicos também são uma possibilidade.
 
Vale ainda guardar aqueles que possam ajudar no combate à má digestão, o tipo de problema que não requer ajuda médica, mas que costuma ser incômodo até que os sintomas desapareçam. A maioria das pomadas também estão liberadas.
 
Você também pode montar um kit de primeiros socorros para manter em casa. Mas vale ressaltar que eles devem ser usados apenas para casos simples e esporádicos na rotina. Se alguém de sua família tiver os sintomas com frequência ou um problema mais sério, é imprescindível procurar um médico que prescreva o tratamento seguro.
 
Mas vale lembrar que é necessário ter muito cuidado e evitar ao máximo a automedicação, pois o uso inadequado de medicamentos pode causar reações alérgicas, intoxicações, dependência e, dependendo da quantidade ingerida, pode levar à morte por overdose.
 
Além disso, o consumo impróprio pode permitir os remédios mascarem alguns sintomas de possíveis doenças, até mesmo agravando-as, enquanto o uso combinado de medicamentos pode anular ou potencializar seus efeitos.
 
No caso de antibióticos, é necessário ter prescrição médica, pois eles podem aumentar a resistência do corpo aos micro-oganismos que precisam ser combatidos e o tratamento passa a não funcionar.
 
Cuidados na hora de guardar
 
Na hora de montar sua farmácia caseira, é fundamental verificar a validade de todos os medicamentos. Os remédios vencidos perdem seus efeitos e devem ser descartados. Além disso, o consumo pode levar a um processo de intoxicação, incluindo sintomas como náuseas, vômitos, diarreia, alergias e dor de cabeça.
 
Para fazer o descarte, o ideal é levar os comprimidos até um ponto de recolhimento. Diversas farmácias já oferecem o serviço, assim como os postos de saúde e hospitais. Essa é a melhor saída e evita que os medicamentos sejam descartadas de maneira incorreta, no lixo comum.
 
Para guardar os medicamentos com segurança, o ideal é deixá-los na embalagem original, não esquecendo de manter a bula. Uma boa opção é guardar os remédios em uma caixa plástica, que deve ser mantida em um local seco, limpo, sem iluminação solar e outros produtos por perto.
 
Eles também não devem ser mantidos no banheiro, devido à umidade. Outra dica é guardar a caixa em um espaço inacessível para as crianças. Esse cuidado pode evitar acidentes e até mesmo problemas mais sérios.

Falar Conosco

Contate-nos

Para maiores informaçôes, preencha este formulário e você será contatado o mais breve possível.
Por favor, preencha todos os campos obrigatórios.
 
Concordo com os termos e condições
Ao enviar este formulário, você concorda com as nossas políticas de privacidade.